Marta, Rosa e João

Marta, Rosa e João

por:
R$ 32,00

Descrição

Em Marta, Rosa e João, uma consulta de tarô revela à jovem Rosa que ela está grávida. Diante da surpresa, ela resolve ir ao encontro de sua mãe, uma mulher que Rosa pouco conhece. Jornalista de sucesso, Marta está em crise, em casa, isolada, e convive apenas com João, passeador de cachorros que vem buscar seu cão todos os dias. A convivência das duas mulheres, forçada pela visita inesperada, traz à tona decisões e enfrentamentos inevitáveis para as personagens. Marta precisa retomar sua vida paralisada; Rosa quer entender seus sentimentos acerca da maternidade e decidir seu futuro. A cada sessão, a peça se dá de forma distinta. Cada uma das 22 cenas foi escrita para uma das 22 cartas dos arcanos maiores do tarô, e é partir do jogo realizado em cena no começo da peça – com as cartas escolhidas ao acaso – que a ordem das cenas seguintes será definida. Doze cartas ditarão, portanto, o traçado da narrativa e mais uma definirá a conclusão do jogo. Desse modo, há sempre a cada noite um espetáculo diferente, narrando, de modos diversos, a delicada aproximação entre mãe e filha.

 

Sobre a autora

Malu Galli nasceu em 1971, no Rio de Janeiro. Atriz, diretora e produtora, Malu estreia como dramaturga com a peça Marta, Rosa e João. Como atriz, integrou a Cia Teatro Autônomo, de Jefferson Miranda, e participou como atriz convidada de diversas montagens da Cia dos Atores, entre elas, O rei da vela (2000), ensaio. Hamlet (2004, 2005) e Gaivota – tema para um conto curto (2006). Em 2004, criou e produziu, em parceria com a diretora Christiane Jatahy, o monólogo Conjugado. Realizou, em 2007, o monólogo Diálogos com Molly Bloom, no qual foi dirigida por Andrea Beltrão, Cristina Moura, Christiane Jatahy, José Sanchis Sinisterra e Gilberto Gawronski. Em 2009, realizou e dirigiu o espetáculo A máquina de abraçar, de José Sanchis Sinisterra, com Mariana Lima e Marina Viana no elenco. Em 2012, dirigiu Oréstia, trilogia de Ésquilo, na qual apresentou uma tradução original do grego de Alexandre Costa, adaptação dramatúrgica de Patrick Pessoa, com os versos do coro musicados por Romulo Fróes e Cacá Machado. Junto com Andrea Beltrão e Mariana Lima, produziu e integrou o elenco de Nômades, peça dirigida por Márcio Abreu, em 2014. No cinema, Malu Galli participou de mais de 15 filmes, entre eles O Xangô de Backer Street, de Miguel Faria Jr; Maré, nossa história de amor, de Lúcia Murat; e Aos teus olhos, de Carolina Jabor. Em 2018, filmou, com Caetano Gotardo, Seus ossos e seus olhos, apresentado nos festivais de Tiradentes e Rotterdam.